Quatro vice-presidentes da Caixa são afastados

Os vice-presidentes afastados são alvo de investigação. O Sindicato dos Bancários do Espírito Santo defende que esses cargos sejam ocupados por empregados de carreira, a partir de processos seletivos com critérios definidos.

Quatro vice-presidentes da Caixa Econômica Federal foram afastados na última terça-feira, 16, por um período de 15 dias. Eles são alvo de investigação e esse é o tempo que terão para apresentarem suas defesas. Em dezembro último, o Ministério Público Federal, em Brasília, recomendou que a Caixa trocasse todos os seus vice-presidentes e alterasse o método de indicação para esses cargos, ao contrário do privilégio de indicações políticas. A notícia do afastamento dos vice-presidentes do banco teve ampla repercussão na mídia nacional.

O Sindicato dos Bancários do Espírito Santo defende que esses cargos sejam ocupados por empregados de carreira, a partir de processos seletivos com critérios definidos. “A Caixa tem inúmeros cargos especializados que podem ocupar esses espaços com idoneidade e capacidade técnica. Mas infelizmente o critério político se sobrepõe, o que facilita o uso do banco para privilegiar determinados grupos”, afirma a diretora do Sindicato, Lizandre Borges.

Rita Lima, também diretora do Sindibancários/ES, reforça esse posicionamento. “A própria campanha pela da Caixa 100% pública defende uma gestão onde os vice-presidentes sejam gestores de carreira, distanciados da ingerência política”. “Esperamos que esta situação seja apurada e, se for constatada irregularidades, que sejam punidos”, observa a diretora.

Ela afirma que é necessário combater todo tipo de desvio ou má gestão na Caixa, mas isso não pode ser usado para enfraquecer o banco. “A Caixa é o maior banco público do país, indispensável para a gestão das políticas públicas e para o atendimento da população, sobretudo a mais pobre. Seu caráter público e seu papel social devem ser fortalecidos”, enfatiza.

Quem são os vice-presidentes afastados:

Antônio Carlos Ferreira (Vice-presidente Corporativo)

Deusdina dos Reis Pereira (Vice-presidente) 

Roberto Derziê de Sant’Anna (Vice-presidente de Governo) –

José Henrique Marques da Cruz (Vice-presidente de Clientes, Negócios e Transformação Digital) 

 

Com informações do jornal O Globo

Imprima
Imprimir