REV: Sindicato cobrou e Banestes teve que recuar

Direção do banco voltou atrás e enviou comunicado interno informando que efetuou hoje, 01, o pagamento da REV conforme determina o Acordo Coletivo de Trabalho.

Depois de questionamento do Sindicato sobre alterações na forma de pagamento da Remuneração Estratégica Variável (VER), o Banestes voltou atrás e enviou comunicado interno informando que efetuou hoje, 01, o pagamento da REV conforme determina o Acordo Coletivo de Trabalho – 25% de forma linear e 75% proporcional à renda do empregado.  A notícia representa uma vitória para os banestianos e foi recebida com entusiasmo. A REV foi creditada junto com a segunda parcela da PLR.

“É uma vitória para os trabalhadores e para o Sindicato. Mostra como a entidade é um instrumento importante para nossa luta. Não à toa a reforma trabalhista tenta esvaziar os sindicatos como espaços de representação dos trabalhadores. Mas é aí que está nossa força. A conjuntura sinaliza com mais frequência a tentativa de retirada dos direitos que conquistamos, mas isso não pode arrefecer nossa resistência”, afirma Jonas Freire, coordenador geral do Sindibancários/ES.

Na terça-feira, 27, o banco confirmou rumores de que alteraria as regras de pagamento da REV. Em reunião com o Sindicato, informou que vincularia o pagamento dos 75% às metas atingidas nas agências e departamentos – medida que valeria para os empregados dos níveis gerenciais. Com isso, o valor da REV poderia ser maior ou menor que o cálculo base, conforme variação dos resultados obtidos por agência.

O Sindicato criticou a medida e cobrou o cumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho, que determina regra geral para todos os funcionários, sem vinculação desses valores aos resultados de agência ou departamento.

Imprima
Imprimir