Sai resultado do 1° turno da eleição para o Caref

A candidata Débora Fonseca ficou em primeiro lugar, com 33% dos votos

Terminou nesta terça-feira, 08, o primeiro turno da eleição para o Conselho de Administração (Caref) do Banco do Brasil. A candidata Débora Fonseca foi a mais votada, recebendo 11.178 votos. O candidato apoiado pelo Sindibancários/ES, o bancário Andrei Freitas Teixeira, ficou em terceiro lugar, com 2.229 votos (7% do total).

O segundo candidato mais votado, que disputará o segundo turno com a bancária Débora Fonseca, foi Jair Antonio Pegorim Miller, que teve 3.290 votos. A votação do segundo turno será de 25 a 31 de janeiro. Nesta sexta-feira, 11, a Comissão Eleitoral irá avaliar possíveis pedidos de impugnações, caso sejam apresentados, e o cumprimento dos pré-requisitos de elegibilidade pelos dois candidatos mais votados.

Confira a nota de agradecimento do candidato apoiado pelo Sindibancários/ES, Andrei Freitas

“Agradeço, em primeiro lugar, de todo o meu coração, aos 2.229 colegas que me levaram à honrosa terceira posição dentre os 137 valorosos colegas que concorreram à única vaga de representante dos funcionários no Conselho de Administração do Banco do Brasil. Vocês que acreditaram na proposta de uma candidatura que não fosse subjugada aos interesses de governos, acionistas, direções sindicais, partidos ou mesmo à hierarquia corporativa e que por isso mesmo não beneficiou-se das suas estruturas. Sem SMS, sem liberações, sem utilização dos imóveis das agências, sem metas de votos aos subordinados. Melhor assim: ou livre para dizer o que penso, para ser transparente, para criticar quem mereça, ou nada. Sou convicto de que é assim que devemos fundar as bases da nova civilização que precisamos construir com tanta urgência.

Agradeço especialmente a todos os colegas, amigos e entidades que acreditaram e que ofereceram – sem pedir nada em troca e sem impor nada -, além do seu voto, seu tempo, sua vibração, sua luta, sua confiança, sua palavra de apoio.

Também agradeço aos milhares de colegas que também votariam em mim, se nessas três curtas semanas de campanha soubessem da minha candidatura e tivessem acesso ao que penso sobre o que deve ser o Caref: um genuíno representante dos funcionários, acima de qualquer interesse.

Lembrem que governo e acionistas têm sete membros. Seus interesses continuarão sendo aprovados, à revelia do Caref. Não precisamos oferecer mais um membro com o mesmo pensamento. Se temos a chance de escolher um único representante dos funcionários em oito, não a percamos. Que o façamos de modo a marcar presença e pontuar nossos interesses.

Desejo sorte à Débora e ao Jair, que continuarão no segundo turno. Que façam uma disputa justa, limpa, transparente e propositiva, sem esconder o que realmente pensam e planejam na sua gestão e sem atrelamento a interesses que não sejam unicamente os dos funcionários.

Continuo à disposição na agência 0661-0 Passo da Areia, em Porto Alegre.

Até logo!

Andrei Freitas Teixeira

F0743837”

 

Imprima
Imprimir