Saúde e condições de trabalho é o tema da primeira rodada de negociação, que teve início hoje

Teve início nesta terça-feira, 19, a primeira rodada de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban, em São Paulo. O tema debatido é saúde e condições de trabalho, um dos principais na pauta de reivindicações entregue aos bancos no último dia 11. A rodada de negociação se estenderá ao longo do dia […]

Teve início nesta terça-feira, 19, a primeira rodada de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban, em São Paulo. O tema debatido é saúde e condições de trabalho, um dos principais na pauta de reivindicações entregue aos bancos no último dia 11. A rodada de negociação se estenderá ao longo do dia e terá continuidade na manhã de quarta-feira, 20.

Entre os problemas de saúde mais comuns em meio aos trabalhadores e trabalhadoras estão a Lesão por Esforço Repetitivo (Ler/Dort) e os transtornos mentais e do sistema nervoso. Este último é a maior causa de afastamento de bancários e bancárias. Em 2013 52,7% dos bancários e bancárias que conseguiram auxílio doença acidentário sofriam de transtornos mentais. A imposição de metas é o principal causador desse problema, gerando tensão, angústia e depressão.

Os dados mostram que, a cada 10 bancários, cinco sofrem de depressão. Além disso, comparando os dados de 2009 a 2013, os casos de doenças do sistema nervoso e transtornos mentais e comportamentais cresceram 64,28%, saltando de 3.466 para 5.644. Já os de Ler/Dort aparecem como a segunda causa de afastamento de bancários e bancárias. Em 2013 4.589 benefícios acidentários e previdenciários foram concedidos para a categoria

Conheça as principais reivindicações de saúde e condições de trabalho

– Fim das metas
– Combate ao assédio moral
– Isonomia de direitos para afastados por motivo de saúde
– Manutenção dos planos de saúde na aposentadoria

 

Imprima
Imprimir