Crise na segurança: hoje tem debate na Ufes

Participe da mesa-redonda e do lançamento do Fórum Capixaba de Lutas Sociais contra a Austeridade, que é um convite à mobilização da sociedade civil diante das políticas dos governos Temer e Paulo Hartung

Nesta quinta-feira (16), às 18 horas, acontece na Associação de Docentes da Ufes (Adufes), no Campus de Goiabeiras, uma mesa-redonda sobre segurança pública. Entre os convidados estão o delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro Orlando Zaccone D’Elia Filho, que vai falar sobre “Segurança e democracia”, e o economista Helder Gomes, que vai falar sobre o tema “Ajuste fiscal: austeridade seletiva e interesses em jogo”.

O evento marca o lançamento do Fórum Capixaba de Lutas Sociais contra a Austeridade. “O Fórum é um convite à mobilização da sociedade civil, que ficou imobilizada diante da situação de crise, o que é inclusive compreensível, com a política do Estado que espalha o terror”, afirma o advogado trabalhista André Moreira, um dos articuladores do Fórum.

Segundo Moreira, a proposta de reunir as entidades neste Fórum é promover a discussão sobre o projeto de austeridade e a sua repercussão sobre o serviço público, fazer análises de cenários, formulação de propostas e encaminhamento de ações de enfrentamento às políticas que prejudiquem a classe trabalhadora, tanto em nível local como nacional.

“Não podemos permitir o modelo de reforma que querem nos impor, desde a reforma constitucional tocada por um Congresso Nacional multicitado na operação Lava-Jato até a microreforma do Governo Estadual, que prevê apenas isenções fiscais e corte de gastos sociais e nos salários para o ajuste fiscal. As políticas de austeridade do Governo Michel Temer e do Governo Paulo Hartung são correlatas”, afirma André Moreira.

Participaram das primeiras reuniões para a formação do Fórum entidades como a Adufes, Sindicato dos Bancários/ES, PSOL, Observatório de Direitos Humanos, Centro de Defesa de Direitos Humanos da Serra (CDDH-Serra) e a Frente Estadual em Defesa da Previdência Social, dos Direitos Trabalhistas e dos Serviços Públicos.

Imprima
Imprimir