Setor bancário elimina 17.905 postos de trabalho em 2017

Programas de desligamento voluntário (PDV's) têm influência direta no saldo negativo

17.905 postos de trabalho foram fechados no setor bancário em todo o país em 2017, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED. Ao todo, foram feitas 25.292 admissões e 43.197 desligamentos, muitos desses relacionados aos programas de desligamento voluntário (PDV’s) do Banco Bradesco e da Caixa, divulgados logo após a aprovação da Reforma Trabalhista pelo Senado Federal.

Com exceção da Paraíba e do Acre todos os demais estados brasileiros apresentaram índices negativos de emprego bancário. No Espírito Santo, 422 postos de trabalho foram extintos.

O enxugamento concentrou-se na faixa etária entre 50 a 64 anos, com extinção de 15.701 postos. Esse dado é indicativo do resultado dos PDV’s anunciados, que se destinaram a bancários aposentados ou em vias de se aposentar. Os saldos positivos concentram-se nas faixas etárias entre 18 e 25 anos (7.918 postos) e, em menor medida, entre 25 a 29 anos.

Acesse a pesquisa completa.

Imprima
Imprimir