Sindibancários/ES cobra do Banestes realização de concursos

Apesar da sobrecarga de trabalho, atendimento precário aos clientes e condições de trabalho inadequadas a que são submetidos os bancários do Banestes, o governador Paulo Hartung suspendeu a realização de concurso do banco. Contra essa medida, o Sindibancários/ES entregou à direção do Banestes nesta terça-feira, 07, um ofício reivindicando a realização do concurso. O edital, […]

Apesar da sobrecarga de trabalho, atendimento precário aos clientes e condições de trabalho inadequadas a que são submetidos os bancários do Banestes, o governador Paulo Hartung suspendeu a realização de concurso do banco. Contra essa medida, o Sindibancários/ES entregou à direção do Banestes nesta terça-feira, 07, um ofício reivindicando a realização do concurso.

O edital, que seria publicado no final de março, foi cancelado sob a justificativa de falta de recursos diante do “déficit” nos cofres do Estado. No entanto, a divulgação do superávit de R$ 630 milhões nos dois primeiros meses do ano aponta que essa é apenas mais uma falácia do governador Paulo Hartung, que tenta se colocar novamente como o “salvador da pátria” das finanças públicas do Estado. 

“Os banestianos enfrentam uma jornada de trabalho exaustiva diante da escassez de funcionários. Além disso, os clientes também são submetidos a um atendimento precário, tendo que enfrentar longas filas. Reivindicamos a urgente realização de concurso público para contratação de novos bancários e vamos continuar cobrando. Não vamos aceitar essa justificativa do governo, que é baseada em mentiras sobre a real situação econômica do Estado”, enfatiza o diretor do Sindibancários/ES e bancário do Banestes, Jessé Alvarenga.

Imprima
Imprimir

Comentários