Sindicato agenda rodada de negociação com Banestes para discutir descomissionamento no Plano Salto

Em reunião na última terça-feira, 04, a Comissão dos Empregados do Banestes, coordenada pelo Sindicato dos Bancários/ES, acordou com a direção do Banco a realização de duas rodadas de negociação para debater a manutenção das comissões e das horas extras permanentes no Plano Salto, o novo Plano de Cargos e Salários do banco. A primeira […]

Em reunião na última terça-feira, 04, a Comissão dos Empregados do Banestes, coordenada pelo Sindicato dos Bancários/ES, acordou com a direção do Banco a realização de duas rodadas de negociação para debater a manutenção das comissões e das horas extras permanentes no Plano Salto, o novo Plano de Cargos e Salários do banco. A primeira rodada será na quinta-feira, 06, a partir das 15 horas, e a segunda na terça-feira, 11, no mesmo horário. 

O calendário será específico para discutir a questão da retirada de direitos prevista no esboço do Salto. Se necessário, será agendada uma terceira reunião para dar continuidade ao debate.

“A discussão sobre a retirada de direitos é importante por se tratar do principal ponto de tencionamento do Plano Salto. O Sindicato se mantém firme na defesa de um Plano de Cargos e Salários que contemple a todos os empregados, sem retirar direitos. Defendemos que a jornada dos bancários seja de seis horas, como prevê a legislação, sem redução salarial”, diz o diretor do Sindicato dos Bancários/ES, Jessé Alvarenga.

Após essa rodada de negociação, o Sindicato quer debater o plano em sua totalidade. “Para isso, queremos que o banco apresente o plano de fato, e não apenas um esboço, como foi feito”, diz Jessé.

Imprima
Imprimir