Sindicato atua contra a venda da folha de pagamento dos servidores de Linhares

Dirigentes realizaram panfletagem na agência Linhares, no norte do Estado, contra a venda da folha de pagamento do funcionalismo público.

Na sexta-feira, 24, diretores do Sindicato dos Bancários/ES realizaram uma panfletagem na agência do Banestes de Linhares como forma de denunciar aos bancários, bancárias e clientes do banco sobre a iniciativa da prefeitura de vender a folha pagamento do funcionalismo público municipal, atualmente no Banestes, para outra instituição financeira.

Diretores do Sindicato Paulo Soares e Julio Passos fizeram panfletagem na agência Linhares, no Centro, na última sexta-feira (24). Foto: acervo pessoal Paulo Soares.

Diretores do Sindicato Paulo Soares e Julio Passos fizeram panfletagem na agência Linhares, no Centro, na última sexta-feira (24). Foto: acervo pessoal Paulo Soares.

O Sindicato é contrário à iniciativa da prefeitura, tomada sem nenhum dialogo com o funcionalismo e descompromissada com o fortalecimento do banco estadual.

“Buscamos conversar com os trabalhadores, trabalhadoras e clientes sobre a gravidade da situação, pois além dos bancários, bancárias e sociedade não terem sido consultados, a medida enfraquece o banco público estadual, logo que é patrimônio do povo capixaba e deve ser fortalecido inclusive pelas prefeituras que são beneficiadas pela presença do Banestes e das políticas de crédito desenvolvidas pela instituição em todos os municípios”, diz o diretor do Sindibancários/ES, Paulo Soares.

Os bancários capixabas também procurou o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Linhares (SISPML) para tratar da questão.

“Pedimos apoio para a nossa luta, pois os servidores municipais também serão prejudicados caso a folha de pagamento passe para outro banco. Aqueles que têm empréstimo no Banes­tes poderão ter dificuldade de transferi-lo para outra instituição financeira e deixarão de ser beneficiados pelas taxas especiais do banco para funcionários públicos. Pode ocorrer também a perda de relacionamento com o ge­rente, que muitas vezes acom­panha a conta há muito tempo”, afirma Soares.

Pregão

O pregão para venda da folha de pagamento estava marcado para esta segunda-feira, 27. Porém, não ocorreu.

“O Sindicato vai buscar informações com o banco e com a Prefeitura de Linhares para saber os motivos pelos quais o pregão não foi realizado. Além disso, manteremos nossa posição contrária à sua realização e continuaremos mobilizando os trabalhadores e trabalhadoras para barrar essa medida da prefeitura de Linhares”, diz Soares.

Governo do Estado

O Sindicato dos Bancários do Espírito Santo entende que é papel do governo do Estado fortalecer o Banestes por meio de todas as vias.

“E isso passa, aponta Soares, pelo incentivo ao estreitamento de laços das prefeituras com o banco, e não o distanciamento visto em Linhares”, conclui.

Imprima
Imprimir

Comentários