Sindicato convoca trabalhadores do Bandes para assembleia de apresentação da proposta da PLR 2014

Após várias negociações e, inclusive, a realização de um ato sindical ocorrido na última segunda, aconteceu na terça-feira, 4, uma reunião entre a Comissão de Empregados do Bandes e representantes do banco. Na ocasião foi apresentada uma nova proposta para pagamento da PLR 2014. Diante disso, o Sindicato dos Bancários/ES convoca os trabalhadores e trabalhadoras […]

Após várias negociações e, inclusive, a realização de um ato sindical ocorrido na última segunda, aconteceu na terça-feira, 4, uma reunião entre a Comissão de Empregados do Bandes e representantes do banco. Na ocasião foi apresentada uma nova proposta para pagamento da PLR 2014. Diante disso, o Sindicato dos Bancários/ES convoca os trabalhadores e trabalhadoras do Bandes para uma assembleia na qual a nova proposta será apresentada para avaliação, debate e deliberação. A assembleia acontece hoje, dia 5 de novembro, às 18h, no auditório do Bandes, que fica no 8º andar.

A nova proposta apresentada retira as perdas que os empregados com menores salários estavam sofrendo. Segundo informações da GERHA, que, inclusive, apresentou na reunião uma nova planilha, no caso do Bandes atingir um lucro igual ou maior que R$ 11.500.000,00, no exercício de 2014, será aplicada a proposta do Bandes. Em caso de um lucro inferior a R$ 11.500.000,00 será aplicada a proposta da FENABAN. Vale ressaltar que, nesta nova planilha, empregados com salário de até R$ 8.545,84, que na planilha anterior apresentavam perdas, agora receberão os mesmos valores, independente de qual proposta será aplicada. As perdas, portanto, foram sanadas.

O Sindicato informa, ainda, que no acordo do ACT PLR 2014, a ser assinado, em sua cláusula terceira – Da Antecipação da Participação nos Resultados – consta que o empregado poderá optar em receber a antecipação da PLR em Novembro/2014 ou não, deixando o montante para receber em Março de 2015.

“Está demonstrado que os trabalhadores, unidos em defesa dos seus direitos, via delegados sindicais e o Sindicato, conseguem atingir seus objetivos, que é a defesa de todos os empregados da empresa Bandes”, afirma o diretor do Sindicato, Ivaldo Albano.

Imprima
Imprimir