Sindicato monta banca itinerante em campanha contra a reforma da Previdência

Banca será itinerante e circulará pelas feiras e praças da Grande Vitória. A proposta é dialogar com a população sobre os graves ataques da PEC 6/2019 aos trabalhadores

Como a proposta de reforma da Previdência de Bolsonaro pode impactar a vida dos trabalhadores? Para responder essas e outras perguntas, o Sindibancários/ES montou nesta terça-feira, 09, uma banca na Praça Costa Pereira. Quem passou pelo local recebeu panfleto sobre as graves consequências da reforma e pôde fazer uma simulação, por meio da calculadora do Dieese, de quando poderá se aposentar e  quanto o valor da aposentadoria irá cair caso a reforma seja aprovada.

 

A banca ficará na Praça Costa Pereira até sexta-feira, 12, e depois se tornará itinerante, circulando pelas feiras e outras praças na Grande Vitória. No local também estão sendo recolhidas assinaturas para o abaixo-assinado contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 6/2019) da reforma da Previdência. Organizado pelas centrais sindicais e movimentos sociais, o abaixo-assinado é uma das ferramentas para barrar a proposta.

“Nossa proposta é dialogar com a população sobre o grave ataque que a PEC 6/2019 representa para os trabalhadores. Nesse primeiro contato percebemos que as pessoas estão acompanhando o debate sobre a reforma da Previdência e têm noção de como a proposta de Bolsonaro penaliza invariavelmente os trabalhadores, que passarão a se aposentar mais tarde e a receber menos”,  destaca o diretor do Sindibancários/ES, Thiago Duda.

O abaixo-assinado contra a PEC 6/2019 também irá circular nas unidades e agências bancárias do Estado. Outra ação prevista para barrar essa proposta é abordar os parlamentares capixabas para pressioná-los a votarem a favor dos trabalhadores e contra a reforma da Previdência. Confira o posicionamento dos deputados federais:

 

Imprima
Imprimir