Sindicato pressiona e Itaú acelera reforma da agência de Jardim Limoeiro

A agência do Itaú de Jardim Limoeiro, na Serra, que está em reforma, encontra-se com a obra 90% concluída. A reforma ocorre desde agosto, fazendo com que trabalhadores e clientes tivessem a saúde danificada ao ter que conviver com poeira, entulhos, tijolo, latas de tinta e fios elétricos expostos. A quase totalidade da conclusão da […]

A agência do Itaú de Jardim Limoeiro, na Serra, que está em reforma, encontra-se com a obra 90% concluída. A reforma ocorre desde agosto, fazendo com que trabalhadores e clientes tivessem a saúde danificada ao ter que conviver com poeira, entulhos, tijolo, latas de tinta e fios elétricos expostos. A quase totalidade da conclusão da obra se deu em virtude da paralisação realizada pelo Sindicato dos Bancários/ES, que durou 15 dias.

Durante todo esse período diretores e diretoras do Sindicato permaneceram na porta da agência para garantir que os bancários não fossem trabalhar em ambiente insalubre. Os trabalhadores foram para outras agências. “Com a pressão do Sindicato, a empresa responsável pela obra deu uma guinada na reforma. Não está 100% concluída, mas uns 90%. Conversamos com os trabalhadores e eles avaliaram que mesmo assim o ambiente agora não está ruim. Caso não fizéssemos a paralisação, acredito que essa obra demoraria muito mais”, diz o diretor do Sindicato, Mário Aquino Xavier.

Imprima
Imprimir

Comentários