Superintendência Sul da Caixa desrespeita bancários e viola Convenção

Superintendência violou a 39ª cláusula da Convenção Coletiva dos empregados que veda o envio de mensagem para telefone particular do empregado

Em mensagem enviada pelo celular nesta semana, a Superintendência Sul da Caixa cobrou dos empregados mais “atitude” para alcance das metas. A ação da Superintendência desrespeita os bancários e bancárias e viola a cláusula 39ª da Convenção Coletiva da categoria, que veda a cobrança de resultados por mensagens no telefone particular dos empregados.

Diante de agências lotadas e escassez de empregados, bancários e bancárias da Caixa já enfrentam um cotidiano de péssimas condições de trabalho. “Qual atitude a mais a Caixa quer desses empregados que, mesmo sobrecarregados, garantem o atendimento à população e se dedicam para que o banco continue altamente rentável? Essa mensagem é um desrespeito aos bancários e bancárias”, enfatiza a diretora do Sindibancários/ES, Lizandre Borges.

Para que as medidas necessárias sejam tomadas, o Sindibancários/ES pede aos bancários e bancárias que continuem denunciando esse tipo de prática  e enviem provas. “Os bancários e bancárias já tomam atitudes diariamente para manter a Caixa forte e atuante. Não podemos ser coniventes com discursos como esse que violam inclusive nossa Convenção. Bancário e bancária não se submeta a essa cobrança e denuncie”, alerta Lizandre.

Imprima
Imprimir