Terceira rodada de negociação com Banestes termina sem avanços

Terminou sem progressos a terceira rodada de negociação específica com o Banestes, realizada na tarde desta quinta-feira, 04, no edifício Palas Center, em Vitória. Na reunião, foram destacadas as cláusulas de saúde e apresentadas ponto a ponto as demais pautas da minuta estadual. “A minuta de reivindicações foi detalhada e o Sindicato debateu ponto a […]

Terminou sem progressos a terceira rodada de negociação específica com o Banestes, realizada na tarde desta quinta-feira, 04, no edifício Palas Center, em Vitória. Na reunião, foram destacadas as cláusulas de saúde e apresentadas ponto a ponto as demais pautas da minuta estadual.

“A minuta de reivindicações foi detalhada e o Sindicato debateu ponto a ponto a importância e a necessidade das reivindicações. Contudo, a exemplo dos banqueiros em âmbito nacional, o Banestes ainda não apresentou nenhuma proposta concreta para a categoria”, diz Jessé Alvarenga, diretor do Sindicato dos Bancários/ES.

A comissão de negociação dos empregados foi composta pelos diretores do Sindicato/ES Jessé Alvarenga, Jonas Freire, Paulo Soares e Idelmar Casagrande. Já representando o banco, participaram da reunião Flávio Diesel, Aryon Soprani Rocha e Luis Carlos Abreu.

Próxima rodada

A próxima rodada de negociação do Banestes será na quinta-feira, 11, às 14 horas. Na oportunidade, serão discutidas especificamente as questões referentes à Banescaixa e à Fundação Banestes (Baneses), com participação de um representante da Banespar (Associação dos Aposentados do Banestes) convidado para fortalecer o debate das clausulas de interesse dos aposentados. Na mesma data termina a quarta rodada de negociação nacional com a Fenaban.

Plenárias

Na próxima quinta-feira, 11, o Sindicato realizará uma plenária para avaliar as rodadas de negociação da Campanha Salarial 2014 e traçar as estratégias de mobilização dos bancários. Serão realizadas plenárias em Vitória, Linhares, Colatina e Cachoeiro de Itapemirim, concomitantemente, a partir das 18 horas.

“É fundamental a participação de todos para discutirmos os rumos da Campanha Salarial 2014. Só vamos garantir avanços na negociação com a mobilização de todos os bancários e bancárias”, destaca Jessé.

 

Imprima
Imprimir