Trabalhadores da Glória são convocados para Greve Geral

Paralisação nacional será no dia 28 de abril e diretores e diretoras do Sindibancários/ES foram às ruas do bairro de Vila Velha para mobilizar trabalhadores e comerciantes

 

Dia 28 é Greve Geral! Essa foi a convocação feita a todos os trabalhadores e trabalhadoras da Glória, em Vila Velha, na manhã desta quinta-feira, 06. Diretores e diretoras do Sindibancários/ES e da Intersindical circularam pelos bancos e comércios do bairro convocando todos a lutarem contra a terceirização, o desmonte das leis trabalhistas e da Previdência, promovido pelo Governo Temer e seus aliados.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), já anunciou que pretende colocar em votação as propostas de reformas Trabalhista e da Previdência até o final deste mês de abril. Por isso, é urgente a união e mobilização dos trabalhadores para barrar essa forte ofensiva contra os direitos históricos da classe trabalhadora.

“Estamos circulando pelas ruas da Grande Vitória para conversar com a população sobre todos os projetos que estão no Congresso de retirada dos nossos direitos, e é perceptível como os trabalhadores estão indignados. Nossa resposta ao Governo Temer e a seus aliados será uma forte Greve Geral, com a união dos trabalhadores de todas as categorias. Vamos juntos lutar em defesa da CLT e da Previdência”, enfatiza o diretor do Sindibancários/ES, Carlos Pereira de Araújo (Carlão).

A lei que libera a terceirização de todas as atividades (Lei n° 13.429) foi sancionada por Temer no último dia 31 de março. No entanto, a Rede Sustentabilidade entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a lei. Para garantir a vitória nesse processo, será preciso mobilização e muita luta dos trabalhadores, já que não há garantia de que o STF se posicione contrário à lei.

Saiba mais sobre as propostas de reformas da Previdência e Trabalhista

Imprima
Imprimir