Ato nesta quarta (18): vista luto e pressione pela não privatização da Caixa

Nesta quarta-feira, 18, é dia de vestir luto e pressionar pela não inclusão da Caixa no pacote de privatizações, conforme ameaça o governo. A informação foi divulgada no portal Relatório Reservado, na semana passada. “Por isso é tão fazermos um movimento pressionando pela não privatização”, afirma Lizandre Borges, diretora do Sindibancários/ES.

Nesta quarta-feira, 18, será o Dia Nacional em Defesa da Caixa e dos participantes da Funcef. O Sindicato convoca os trabalhadores para vestirem luto e pressionarem pela não inclusão da Caixa no pacote de privatizações, conforme ameaça o governo. A informação foi divulgada no portal Relatório Reservado, na semana passada.

“Até hoje conseguimos afastar as possibilidades de privatização do banco, já manifestada pelo governo outras vezes. Temos que continuar resistindo e realizando novos movimentos que reforcem a contribuição da Caixa como banco público para o país. É desejo nosso que o banco permaneça como um patrimônio público”, afirma Lizandre Borges, diretora do Sindibancários/ES.

Ela reforça a importância de vestir de luto na próxima quarta para mostrar a indignação contra a intenção de privatização da estatal. A Caixa registra hoje um patrimônio líquido de R$ 63,6 bilhões e ativos totais na ordem de R$ 1,277 trilhão. Como maior banco público do país, tem função central na execução de programas sociais, no gerenciamento do FGTS e na concessão de crédito habitacional. Não vamos deixar que esse patrimônio seja entregue de bandeja para o capital privado. A Caixa é nossa e vamos defendê-la. Participe vestindo luto!

Tuitaço

Além da movimentação sindical, o Dia Nacional de Luta em defesa da Caixa também vai tomar conta também das redes sociais. Um tuitaço com a hashtag #DefendaACaixaVocêTambém será realizados em três horários: de 8h às 9h, das 17h às 18h e das 20h às 21h. O objetivo é mobilizar todo o país com postagens, no Twitter e no Facebook.

Funcef

Nesse dia de luta também vamos falar da Funcef. Queremos solução para o problema do contencioso, o equilíbrio dos planos, a incorporação do REB, a preservação da paridade e garantia da participação dos empregados na gestão.

Quase 8 mil participantes e assistidos da Funcef já aderiram ao abaixo-assinado eletrônico da campanha ‘Contencioso: essa dívida é da Caixa’. Essa é mais uma importante ação com o objetivo de pressionar a direção do banco a solucionar o passivo trabalhista, que já é o maior fator de deficit do fundo de pensão.

Acesse o abaixo-assinado no Avaaz.

Acompanhe em nossa pagina no facebook as notícias da movimentação sindical nesta quarta-feira, dia 18.

Imprima
Imprimir