Eleição para o Conselho de Usuários do Saúde Caixa termina hoje. Vote chapa 02!

Transparência e participação são as principais bandeiras da Chapa 2 para garantir melhor atendimento do Saúde Caixa aos seus usuários

Termina hoje, 31, a eleição para o Conselho de Usuários do Saúde Caixa. O Sindibancários/ES apóia a Chapa 2 – Movimento Pela Saúde, que defende o aumento da participação, da transparência e da humanização do Saúde Caixa. A votação ocorre por meio do portal do Saúde Caixa pela Intranet do banco.

A Chapa 2 conta com uma representação capixaba, com participação de Edmar Martins André, diretor do Sindibancários/ES e presidente da Apcef/ES. “É importante para os trabalhadores e trabalhadoras ter representatividade no Conselho de Usuários do Saúde Caixa para que os representantes da empresa não façam mudanças a revelia no plano de saúde e para cobrar mais transparência, principalmente nas finanças”, diz o Edmar Martins André.

Como votar

Para votar basta acessar o portal do Saúde Caixa pela Intranet do banco e clicar no ícone da  eleição. Os aposentados e os que tiverem afastados por qualquer motivo devem se dirigir a uma agência Caixa portando documento de identificação. Uma vez processado o voto, não será mais permitido o acesso à página.

Propostas

Entre as propostas da Chapa 02 estão a luta pela ampliação e qualificação da rede profissional e clínica; a criação de mecanismos de orientação ao usuário no sentido de evitar procedimentos desnecessários; a revisão de limites de alguns procedimentos para pessoas com deficiência; a manutenção da cobertura de terapias após o retorno de empregado com seqüelas físicas ou psicológicas e a garantia e ampliação dos direitos dos aposentados.

Para ampliar a participação, a Chapa 2 defende transformar o caráter do Conselho em deliberativo; trabalhar em sintonia com os representantes dos empregados na mesa permanente de negociação; melhorar a comunicação do plano com os usuários, em especial com os aposentados, e apoiar a criação de representações do Saúde Caixa por estados.

A Chapa também tem propostas para a transparência do Saúde Caixa, entre elas, participar de negociação com a Caixa para definir a destinação do superávit do plano, propor a revisão dos normativos para simplificar procedimentos e exigir da Caixa solução para os problemas do sistema.

Apoiadores

  • Rita Lima: Diretora do Sindibancários/ES e dirigente da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora
  • Emanoel Souza de Jesus: Dirigente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe
  • Rita Serrano: Coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, representante dos empregados da Caixa no Conselho de Administração
  • Jair Pedro Ferreira: Presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae)

Conselho é forma de participar da gestão

O Conselho de Usuários não tem caráter deliberativo, mas é um espaço onde os empregados podem acompanhar e fiscalizar a gestão do Saúde Caixa, além de atuar de forma consultiva. Isso porque o Conselho deve opinar sobre todas as medidas adotadas pela Caixa em relação à cobertura assistencial do plano, sendo uma de suas atribuições a análise anual dos resultados do exercício findo e do relatório atuarial com as previsões das movimentações financeiras para o exercício seguinte, que devem ser apresentados pela Caixa até 30 de novembro de cada ano. Com base nesses dois instrumentos, o Conselho opina sobre eventual necessidade de reajuste dos itens do plano.

Imprima
Imprimir